Voltar

24/09/2018 23:13

Administração Municipal realiza a entrega do Mini Ciles da Planejada I

Na última quarta-feira (19/09), a Administração Municipal realizou a entrega do Mini Ciles da Planeja I reformado e revitalizado. As melhorias foram executadas por meio da iniciativa privada, através da empresa Fibra Experts, realizadora do empreendimento residencial Jardim Bonança.

A área de lazer localizada na rua Argemiro Pierotti, recebeu acabamento da urbanização do espaço, paisagismo da área, nova iluminação, calçamento, playground, mesas e bancos para descansos e jogos, além de uma quadra de futebol de salão e basquetebol, cercado com alambrados e com iluminação.

Conforme o Secretário Municipal da Juventude, Esporte e Lazer, Carlos Alberto de Souza, a Prefeitura deverá entregar ainda neste ano outras áreas de lazer revitalizadas e reformadas à comunidade. “Além dos dois Ciles revitalizados reinaugurados nos bairros São Lourenço e Planejada I, até o final do ano deverão ser entregues as revitalizações e reformas de outras áreas de lazer situados nos bairros Henedina Cortez, Águas Claras, Toró, Vila Aparecida, Jardim Morumbi, Fraternidade, Vila Garcia, Parque dos Estados entre outros, tendo como objetivo não só para a prática de esportes, mas também para outras atividades que envolvam as comunidades da região”, comentou o Secretário.

As obras fazem parte de investimentos que estão acontecendo na zona norte da cidade, onde a atual administração está investindo com infraestruturas, recapeamentos asfálticos, revitalização de escolas municipais, unidades básicas de saúde, além de outras benfeitorias.

O prefeito em exercício, Amauri Sodré, agradeceu o apoio que atual Administração recebeu da iniciativa privada e a importância das reformas e revitalização dos Ciles e Mini Ciles da Cidade, “Queremos agradecer aos parceiros da iniciativa privada nas reformas dos Ciles que encontramos em estado de abandono, necessitando revitalização e melhorias. Estamos com recursos próprios investindo em outras áreas de lazer e esperamos contar com a comunidade para que possamos conservar os locais”.

Fonte: +Bragança

 


← Voltar