Voltar

29/06/2016 22:01

Braga perde por 2×1 e abre zona de rebaixamento

O Bragantino vive momento delicado na Série B do Campeonato Brasileiro, entrando de novo na zona de rebaixamento. O time foi novamente derrotado, desta vez pelo CRB, por 2 a 1, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), na terça-feira, 14, pela nona rodada. Edson Sitta marcou o gol do Braga no final da partida e Lúcio Maranhão e Adalberto anotaram para o CRB ainda na primeira etapa.
Ao final da partida o goleiro Felipe falou que a equipe sabia a dificuldade de jogar em Maceió, mas ressaltou que uma equipe que vem se apresentando bem e que quer fugir da zona de rebaixamento não pode perder tantos gols como vem perdendo.
Falhas na marcação também foram essenciais para a derrota. Nos dois gols do CRB, houveram falhas gritantes na marcação, o que facilitou o revés. No primeiro lance dois jogadores do CRB apareceram sem marcação nenhuma nas costas do zagueiro Rodrigo Sam e no segundo gol o volante Serginho não subiu junto com o zagueiro Adalberto, pelo contrário se abaixou, enquanto o adversário subiu para cabecear.
Com oito pontos, o Bragantino é o 17º colocado e foi ultrapassado pelo Paysandu, que bateu o Avaí por 1 a 0, em Belém (PA), em partida simultânea. A equipe paraense é a primeira fora da zona da degola com um ponto a mais do que o Bragantino.
Na parte de cima da tabela, o CRB chegou a 15 pontos, assumindo a sétima posição. O Náutico, próximo adversário do Braga, abre o G4 e tem apenas um ponto a mais do que os alagoanos.
O JOGO – A partida começou com o Bragantino se postando melhor e buscando mais jogo, mas o time da casa jogou um balde de água frio no Massa Bruta, quando aos 11 minutos, abriu o placar com o atacante Lúcio Maranhão. Luidy cruzou da direita, o meia Bruno Nascimento apareceu livre para desviar e o atacante Lúcio Maranhão, também sem marcação, colocou a cabeça e empurrou para o fundo do gol.
Buscando o empate, o Bragantino se abriu a até passou a dominar as ações do jogo, mas voltou a ser surpreendido na bola parada e sofreu o segundo gol. Dessa vez, aos 38 minutos, o lateral-esquerdo Diego cobrou falta na área e o zagueiro Adalberto subiu sozinho e desviou de cabeça.
Na segunda etapa, o ritmo do jogo caiu. Administrando a vantagem, o CRB teve experiência para envolver o adversário e trabalhar em cima dos contra-ataques. O nervosismo dos jogadores do Bragantino, que vive momento delicado na competição, juntamente com a falta de pontaria que assombra a equipe, foram os principais adversários do Massa Bruta.
O Braga esboçou uma reação aos 47 minutos, em bola levantada para a área que Edson Sitta completou para o fundo do gol. O Massa Bruta ainda teve tempo para empatar, após o gol um erro na zaga do CRB deixou Eliandro livre de frente para o gol, mas o zagueiro Adalberto entrou de carrinho na bola e jogou para escanteio, matando o gol de empate do Braga.
PRÓXIMOS JOGOS- As duas equipes voltam a campo no próximo sábado, às 16h, para a 10ª rodada da Série B. O Bragantino enfrenta o Náutico no Arruda e o CRB encara o Atlético-GO no Serra Dourada.

Fonte: Gazeta Bragantina.


← Voltar