Voltar

02/07/2018 16:29

Bragantino segue na briga pela classificação na série C do Brasileirão

 

Dando sequência à 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, três jogos foram disputados neste sábado (30). Jogando em casa, o Cuiabá-MT derrotou o Botafogo-SP por 2 a 1, que agora tem a liderança do Grupo A ameaçada. Em Bragança Paulista (SP), o Bragantino-SP venceu o Joinville-SC por 2 a 0 e segue firme no G-4. E, no Almeidão, Tombense-MG e Luverdense-MT empataram em 1 a 1.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na Arena Pantanal, o Cuiabá fez valer o mando de campo e vence o líder Botafogo-SP por 2 a 1. O time da casa saiu na frente aos 22 minutos do primeiro tempo, após Feijão cruzar, e João Carlos subir sozinho para fazer de cabeça 1 a 0. O Pantera chegou ao empate aos 35. Caio Dantas recebeu de Felipe Augusto e bateu de primeira para deixar tudo igual. A vitória dourada foi confirmada aos 36 do segundo tempo. Eduardo Ramos deu assistência para Marino, que empurrou para o fundo das redes. Com 22 pontos, o Cuiabá segue firme dentro do G-4, na terceira posição. O Botafogo, com 24, segue no primeiro lugar, mas pode perder a liderança do Grupo A até o complemento da rodada.

Leia:  Decisão nos pênaltis contra a Rússia tira Espanha da Copa do Mundo
Jogando em casa, no Nabi Abi Chedid, o Bragantino derrotou o Joinville por 2 a 0 e segue fixo no G-4 – agora tem 21 pontos e ocupa o quarto lugar. Aos 23 minutos do primeiro tempo, após cobrança de escanteio, Gustavo Vintecinco subiu bem para abrir o placar. Depois, aos 22 da etapa complementar, Vitinho fez boa jogada pela esquerda e deu assistência para Adriano Paulista completar para o gol. Com mais uma derrota longe de casa, o JEC segue na vice-lanterna do Grupo B, com dez pontos.

No Almeidão, Tombense e Luverdense empataram em 1 a 1. Com o resultado, os times subiram provisoriamente uma posição na tabela. Caio César abriu o placar para a equipe mineira, que aparece no quinto lugar, com 15 pontos. Paulinho, de pênalti, empatou para o time do Mato Grosso, sexto colocado, com 14.

(Cenário MT)

 


← Voltar