Voltar

29/07/2016 09:09

Cemitério da Saudade é alvo de furtos

Jazigos violados, placas identificando mortos furtadas ou quebradas. Isto é o que algumas pessoas encontram quando vão visitar seus familiares enterrados no Cemitério da Saudade.
Denúncias contra esses atos de vandalismo já foram feitas na administração do local, mas essas ocorrências continuam acontecendo.
Muitas das placas que identificam os mortos com nomes e fotos são de bronze, principal alvo dos bandidos. Há uma sequência de túmulos quebrados, sem adornos, como anjos de mármore, bronze ou cobre.
Parte dessas imagens pesa mais de cem quilos e desaparece do dia para a noite.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Créditos: Gazeta Bragantina


← Voltar