Voltar

28/06/2018 17:39

Escada gera polêmica em Julieta Cristina



MORADORES DO JULIETA CRISTINA RECLAMAM DE ESCADA CONSTRUÍDA EM CALÇADA
 
Apresentado em fevereiro, o Plano de Mobilidade Urbana, indica a “necessidade de revisão do padrão ou da falta dele no tocante aos passeios”, em Bragança Paulista.

Os moradores do Jardim Julieta Cristina, por exemplo, estão indignados com a construção de uma escada em plena calçada na Rua Eliziário Elizeu de Oliveira no cruzamento com o Antônio Godinho Filho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A passagem de pedestres segundo os moradores ficou horrível já que a escada, que serve um imóvel construído, toma conta de boa parte da calçada. Uma grade chegou a ser instalada no local.

Assim como esta calçada  são inúmeros os casos em que a acessibilidade ou simplesmente a condição de circulação a pé é dificultada em toda a cidade.

Os moradores perguntam se este tipo de construção na calçada pode e se não pode quais as providências que a Prefeitura irá tomar.

Por lei, o passeio deve ser continuo, sem degraus e sem interferências de lixeiras, postes, arvores e demais equipamentos, afim de garantir a mobilidade urbana.

Até 2016, a questão da mobilidade em Bragança ficava por conta da divisão de Trânsito que pertencia à Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito. Assim que assumiu a administração o prefeito Jesus Chedid criou a Secretaria de Mobilidade Urbana. A população esperava melhorias no tocante ao tema, mas o que se vê são uma série de polêmicas: obras da 9 de Julho que continuam gerando polêmica, obras de retiradas de rotatórias na Avenida dos Imigrantes que causam lentidão e reclamação, além de desligamento há cerca de um mês de equipamentos de radares e o OCRs enquanto novos equipamentos são ligados.

(Bragança em Pauta)


← Voltar