Voltar

29/04/2018 13:54

Falta e vacinas afeta a cidade


FALTA DE VACINAS CONTRA POLIO, HEPATITE, MENINGITE E OUTRAS DOENÇAS TAMBÉM AFETA BRAGANÇA
 
A falta de duas vacinas que fazem parte do Calendário de Vacinação do Ministério da Saúde, tem deixado muitos pais preocupados em diversas regiões do país e  Bragança Paulista também está sendo afetada.

Segundo nota da Secretaria Municipal de Saúde, desde o dia 19 de março está em falta no município a vacina  “Pentavalente” enquanto  que a vacina “VOP” está em falta desde  o dia 26 de março.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A administração municipal explica que a reposição das vacinas é de responsabilidade do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual da Saúde e que te tem acompanhado e solicitado aos órgãos públicos as devidas providências.

“A Secretaria Municipal de Saúde tem cobrado, diariamente, uma posição da Secretaria de Estado, por meio do Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE), e a informação obtida é que Bragança Paulista será abastecida com as vacinas na próxima semana”, diz a nota.


A Prefeitura ainda informa que tão logo ocorra o reabastecimento das vacinas mencionadas, os responsáveis pelas crianças que não foram imunizadas serão contatados pelas Unidades de Saúde que procuraram para realizar a vacinação.

A vacina pentavalente imuniza contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite, e deve ser administrada nas crianças a partir dos dois meses de idade, em três doses – uma a cada dois meses.

Já a VOP imuniza contra a poliomielite, ou seja, paralisia infantil.

A primeira dose deve ser aplicada aos 2 meses de idade. A segunda dose, aos 4 meses e a terceira dose, aos 6 meses, sendo necessário um reforço, aos 15 meses.

 

(Bragança em Pauta)


← Voltar