Voltar

11/10/2017 13:41

Guarda Civil Municipal atende duas ocorrências ligadas a entorpecentes

A Prefeitura da Estância de Bragança Paulista, por meio da Secretaria de Segurança e Defesa Civil, com o trabalho dedicado dos agentes da Guarda Civil Municipal, tem intensificado os patrulhamentos pela cidade com ações estratégicas e direcionadas, o que vem apresentando resultados satisfatórios para a segurança pública do município.

Na noite da última terça-feira, 10, durante patrulhamento pelas imediações do bairro Jardim São Miguel, ao adentrar na rua Plínio Dallara, a Guarda Civil Municipal (GCM) identificou atividade suspeita de um indivíduo, que ao notar a presença da viatura fugiu para um matagal, se escondendo num barranco. Os agentes o localizaram e abordaram para realizar a revista pessoal. Durante a ação foram encontrados com o indivíduo e 11 porções de maconha e R$ 65,00. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao delinquente, que foi encaminhado ao Plantão da Polícia Civil para elaboração de boletim de ocorrência e apresentação ao delegado, que determinou a prisão do autuado pelo crime de tráfico de entorpecentes.

Na mesma noite, a equipe da GCM foi acionada pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Davi para constatar o suspeito falecimento de uma jovem, a qual já chegou desfalecida à unidade levada por um homem. Os guardas identificaram o homem que levou a jovem e o indagaram sobre os acontecimentos que o levaram ali. Ele alegou que havia dado uma carona para a jovem, ela teria passado mal e desmaiado no veículo. Segundo os profissionais do UPA, a jovem já chegou ao local sem sinais vitais, constatando que havia sofrido uma parada cardiorrespiratória, sem qualquer motivo aparente. Não havia marcas ou sinais de agressão no corpo da vítima.

Os guardas fizeram uma revista nos pertences da jovem e localizaram no interior de sua bolsa saquinhos tipicamente utilizados para embalar entorpecentes, com resquícios de um pó branco, aparentando ser cocaína. Frente aos fatos, o corpo da jovem foi encaminhado ao IML e solicitado a realização do exame necroscópico e toxicológico, para apurar as causas da morte. O caso segue sob investigação da Polícia Civil.


← Voltar