Voltar

06/07/2018 07:59

Jovem confessa assassino em Bragança


Jovem confessa assassinato em Bragança e diz que matou para não morrer
Um jovem de 19 anos, foi preso pela Polícia Militar na tarde desta terça-feira, 3, acusado de matar Maurício Fernandes de Moraes, de 48 anos, cujo corpo foi encontrado pelo próprio irmão na manhã de quinta-feira, 29, no meio do mato, no Jardim do Cedro, em Bragança Paulista.

O corpo estava na rua José Peregrino Reginato e apresentava ferimentos na cabeça. O caso foi registrado como morte suspeita e desde então vinha sendo investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No momento da prisão, o jovem estava sendo agredido por populares, que queriam linchá-lo por causa do assassinato.

O jovem foi apresentado na delegacia pela Polícia Militar.

Segundo o delegado titular da DIG, José Glauco Silveira Lobo Ferreira, o rapaz confessou que matou Maurício Fernandes, com medo de morrer.

Durante interrogatório ele disse que estava passando pela trilha onde o corpo foi encontrado, quando inesperadamente a vítima apareceu e lhe puxou pelos braços.

Disse também que estava escuro no momento e que ele se atracou com a vítima e pegou um pedaço de pau, batendo em sua cabeça e que em seguida fugiu.

Tanto a vítima como o acusado de cometer o assassinato tem passagens pela polícia.

O jovem, segundo o delegado já esteve na Fundação Casa e disse que cometeu o assassinato porque achou que seria estuprado.

Já Maurício Fernandes, segundo as investigações já tem passagens pela polícia por furto e receptação.

Segundo o delegado, as investigações continuam para esclarecer os detalhes do caso visto que o celular da vítima ainda não foi localizado. A prisão do acusado já foi solicitada à Justiça pois passou o período de flagrante.

(Braganca em Pauta)


← Voltar