Voltar

05/10/2017 17:51

Mais de 20 mil contribuintes vão pagar IPTU complementar

Mais de 20 mil moradores de Bragança Paulista foram notificados pela prefeitura para o pagamento de uma taxa complementar do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A cobrança extra, baseada em uma nova avaliação das construções, deve ampliar em R$ 20 milhões a arredacação do governo.
O novo georreferenciamento é resultado do trabalho prestado por uma empresa contratada pela administração municipal. Fotos aéreas dos terrenos e visitas técnicas foram feitas para que fosse feito o novo cálculo do tributo.
A promotora aposentada, Maria Trindade, discorda da medida e acredita que houve um erro de cálculo. “Tivemos que conversar [com a prefeitura] para pedir a anulação dessa cobrança, e está em andamento o estudo desse caso”, afirmou a moradora. Além dela, outros cerca de 500 contribuintes contestam os valores.
Segundo Josimar Bueno, assessor jurídico da Prefeitura, foram identificados problemas de defasagem no cadastro dos imóveis da cidade. “O último levantamento foi feito nos anos 90 e era necessário fazer um novo cadastro”, declarou.
Bragança Paulista tem aproximadamente 65 mil imóveis. O pagamento da diferença do IPTU pode ser parcelado em até 12 vezes. Para ter a situação do imóvel regularizada, o munícipe deve, além de pagar a diferença do imposto, procurar a Secretaria de Obras.
O prazo para a contestação do IPTU complementar termina no próximo dia 20 de outubro.

(G1)


← Voltar