Voltar

17/09/2018 22:35

Prefeitura encerra atividades na tesouraria e sistema ainda não está 100%

A partir de hoje, 17, foi desativado o atendimento ao público realizado no setor da Tesouraria na Prefeitura de Bragança Paulista. segundo a administração por motivos de segurança conforme orientação de especialistas no setor e de apontamento do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Segundo comunicado da Divisão de Imprensa, d Prefeitura, o TCE recomendou que os serviços ali prestados fossem realizados exclusivamente por instituições bancárias.


Até então o setor era usado para pagamento de IPTU e outras taxas municipais.

Diante da decisão, a administração informa que os tributos e taxas devem ser agora recolhidos junto as instituições bancárias conveniadas com o município.

Quais são os bancos que recebem os impostos e taxas?

BANCO DO BRASIL – correspondentes bancários, caixas eletrônicos e Internet Home Banking,

BRADESCO – correspondentes bancários, caixas eletrônicos e Bradesco Expresso instalados em diversos estabelecimentos comerciais,

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL – no próprio Banco, correspondentes bancários, Casas Lotéricas, caixas eletrônicos e Internet Home Banking,

BANCO SANTANDER – correspondentes bancários, caixas eletrônicos e Internet Home Banking,

BANCO ITAÚ UNIBANCO – correspondentes bancários, caixas eletrônicos, Internet Home Banking,

BANCO MERCANTIL DO BRASIL – no próprio Banco, correspondentes bancários, caixas eletrônicos, Internet, Móbile e Office Banking.

No comunicado, a Prefeitura informou que somente as taxas de protocolo de pequeno valor continuarão a serem recolhidas no Paço Municipal.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (11) 4034 7117 da Central de Atendimento AGILIZA, (11) 4034 7102 do serviço CALL CENTER ou pelo endereço eletrônico agiliza@braganca.sp.gov.br

Muitos leitores continuam procurando a reportagem do Jornal Bragança Em Pauta por causa de falhas no sistema da Prefeitura de emissão de notas fiscais eletrônicas, bem como por causa de dificuldades em buscar informações mais antigas no Imprensa Oficial ou então editais.

O sistema foi trocado há exatamente um mês e desde então o serviço é prestado pela empresa Sisvetor.

Além de nem todas as funcionalidades estarem disponíveis ainda os sistemas implantados como o de arquivos de Imprensa Oficial e editais tem uma interface que dificulta o acesso e geram reclamações.

As edições do Imprensa Oficial, por exemplo, só estão disponíveis a partir do dia 4 de maio de 2018. Arquivos anteriores, por enquanto não foram disponibilizados.

A emissão de segunda via de pagamento de impostos também é alvo de muitas reclamações. Quem não tem a via anterior para que o cálculo possa ser feito na tesouraria ou então não é da cidade e não tem como se deslocar até aqui, não encontra solução para o pagamento ou depósito.

A reportagem do Bragança Em Pauta, entrou em contato com a Prefeitura, através da Divisão de Imprensa, para obter informações sobre o assunto, mas até a publicação desta reportagem não obteve retorno.

Fonte: Bragança em Pauta


← Voltar