Voltar

29/05/2018 17:17

Santa Casa suspende cirurgias eletivas



SANTA CASA SUSPENDE CIRURGIAS ELETIVAS E ATENDIMENTO AMBULATORIAL A PARTIR DO DIA 1º DE JUNHO
 
Com a greve dos caminhoneiros no 9º dia, apesar das negociações com o governo federal há ainda paralisações em todo o país e os reflexos de desabastecimento atingem também os hospitais.

A direção do Complexo Hospitalar da Santa Casa de Bragança Paulista, divulgou uma nota na manhã desta terça-feira, 29, ressaltando que suspenderá a realização de cirurgias eletivas e o antedimento ambulatorial a partir de sexta-feira, 1º de junho, até que o abastecimento seja normalizado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Grande parte da dificuldade de manter o hospital aberto se dá principalmente por causa das dificuldades de locomoção dos profissionais de saúde.

Só serão feitos a partir desta data os atendimentos de urgência e emergência.

O Hospital Universitário São Francisco divulgou na segunda-feira, 28, que o estoque de sangue está baixo e pediu que doadores procurem o hemonúcleo, cujo atendimento é de de segunda a sábado (exceto feriados), das 7h30 às 13h. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (11) 2490-1240

Em Atibaia, o Hospital Novo Atibaia informa na segunda-feira, 28, que iniciou o Plano de Gerenciamento de Crise, em virtude dos reflexos da paralisação dos caminhoneiros.

O Plano tem o objetivo de assegurar os serviços essenciais e a manutenção da segurança da assistência à saúde.

O hospital fez um  plano de contingência para abastecimento de alimentos; reavaliação diária de cirurgias eletivas e possíveis cancelamentos; plantão para serviços administrativos não essenciais. 

Nesta terça-feira, 29, o hospital suspendeu as coletas domiciliares e as coletas de exames de análises clínicas no Centro Médico de Mairiporã.

As consultas ambulatórias previamente agendadas para o dia 1º de junho, em todos os centros médicos, incluindo Mairiporã, estão canceladas. 

O hospital informa ainda que outras definições poderão ser necessárias de acordo com o progresso das paralisações.

 (Bragança em Pauta)

 
 

 

 


← Voltar